SUCESSO EXPLORATÓRIO QUASE 50% MAIOR

A Petrobras fechou 2010 com um índice de sucesso exploratório de 57%, cerca de 50% maior que os 40% de sucesso apurados em 2009. O índice representa um retorno aos melhores níveis registrados pela companhia desde 2002. O recorde dos últimos anos foi em 2007, quando o sucesso exploratório foi de 58%.

 

No último ano foram perfurados 116 poços exploratórios, sendo 67 em terra e 49 no mar. Dos poços offshore, 31 foram no pós-sal e 18 no pré-sal.

Mesmo com um sucesso maior, os custos exploratórios da Petrobras caíram, ficando em R$ 3,8 bilhões. A queda foi influenciada pela redução dos investimentos em geologia e geofísica, que somaram R$ 1,2 bilhão em 2010, contra R$ 1,8 bilhão em 2009. A despesa com poços secos também caiu, de R$ 2,1 bilhões em 2009 para R$ 2 bilhões no último ano. Outras despesas exploratórias somaram R$ 424 milhões em 2010.

O portfólio de concessões exploratórias da Petrobras, com as aquisições e as devoluções realizadas no último ano, passou a contar com 198 blocos, que totalizam 113,8 mil km2. Atualmente a companhia analisa descobertas em outras 31 áreas, que compreendem 16,4 mil km2. Com isso, a área exploratória total da petroleira no Brasil atinge 130,2 mil km2.

 

 

Fonte: Brasil Energia, via Gás Brasil

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s