AS 7 IRMÃS DO PETRÓLEO

Você, querido leitor, conhece ou já ouviu falar das 7 irmãs do petróleo? E você sabia que agora existe as “novas 7 irmãs”? Leia a nossa matéria que está voltada para os estudantes do setor e que estão tomando conhecimento sobre os temas relacionados à área.

 

Sete irmãs é o apelido dado às sete maiores companhias de petróleo transnacionais, que dominaram o mercado petrolífero internacional até os anos 1960.

O grupo das Sete irmãs dominava o setor de petróleo e gás natural. O grupo fazia de tudo para impedirem a entrada de outras companhias no mercado petrolífero. Parte das empresas que compunham o cartel das sete irmãs foi formado pelas empresas americanas resultantes da fragmentação do monopólio da Standard Oil Company, provocada pela lei anti-truste de Sherman, nos Estados Unidos. As quatro empresas americanas (Esso, Texaco, Socony e Socal) resultantes do fim da Standard Oil, juntaram-se à anglo-britânica Shell e à Amoco (atual BP), para controlarem o mercado petrolífero e impor baixos preços aos países produtores enquanto garantiam altas taxas de lucro. Até os dias de hoje estas empresas controlam setores importantes do refino e distribuição de produtos derivados de petróleo, apesar de terem perdido o controle sobre a maior parte das reservas petrolíferas mundiais que foram nacionalizadas pelos países petrolíferos (OPEP, México, Rússia). Somente quando os países produtores de petróleo começaram a tomar o controle sobre a produção e determinar os preços, à partir da formação da OPEP, em 1960, que o poder das “sete irmãs” passou a declinar.

 

O Cartel das Sete Irmãs era formado pelas seguintes companhias:

  1. Royal Dutch Shell. Atualmente chamada simplesmente de Shell.
  2. Anglo-Persian Oil Company (APOC). Mais tarde, British Petroleum Amoco, ou BP Amoco. Atualmente é conhecida pelas iniciais BP.
  3. Standard Oil of New Jersey (Esso). Exxon, que se fundiu com a Mobil, atualmente, ExxonMobil.
  4. Standard Oil of New York (Socony). Mais tarde, Mobil, que fundiu-se com a Exxon, formando a ExxonMobil.
  5. Texaco. Posteriormente fundiu-se com a Chevron, formando a ChevronTexaco de 2001 até 2005, quando o nome da companhia voltou a ser apenas Texaco.
  6. Standard Oil of California (Socal). Porteriormente formou a Chevron, que incoporou a Gulf Oil e porteriormente se fundiu com a Texaco.
  7. Gulf Oil. Absorvida pela Chevron, posteriormente ChevronTexaco.

 

Após, as “Sete irmãs”  tornaram-se apenas quatro: ExxonMobilChevronTexacoShell e BP.

As sete maiores companhias petrolíferas do mundo na atualidade são empresas nacionais estatais ou semi-estatais, que competem entre si e com as demais companhias petrolíferas. Vamos ver quais são elas?

 

As nova “Sete Irmãs”

As “novas sete irmãs”, apontadas por executivos do setor consultados pelo jornal Financial Times , são:

1) Aramco, Arábia Saudita;

2) Gazprom, Rússia;

3) CNPC, China;

4) NIOC, Irã;

5) PDVSA, Venezuela;

6) Petrobras, Brasil; e

7) Petronas, Malásia.

 

Segundo eles: “Esmagadoramente estatais, elas controlam quase um terço da produção mundial de petróleo e gás e mais de um terço das reservas totais de petróleo e gás. Em contraste, as velhas sete irmãs – que encolheram para quatro na consolidação da indústria ocorrida na década de 1990 – controlam apenas 3% das reservas.”

“A razão pela qual as sete irmãs originais eram tão importantes era que elas eram as fazedoras de regras; elas controlavam a indústria e os mercados. Agora, essas novas sete irmãs são as fazedoras de regras e as companhias petrolíferas internacionais são as seguidoras das regras”, diz o presidente da consultora PFC Energy, Robin West.

Segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), nos próximos 40 anos, 90% da oferta de hidrocarbonetos virá de países em desenvolvimento, o que representa uma grande mudança em relação às últimas três décadas, quando 40% da produção vinha de países industrializados.

 

 

 

Gostou da nossa matéria? Nos próximos posts estaremos aprimorando essa matéria trazendo novas e relevantes informações sobre o assunto para você caro leitor.

Deixe seu comentário, sua participação é fundamental para o crescimento do nosso blog, que tem como objetivo a disseminação do conhecimento e divulgação de notícias do setor de óleo e gás.

 

7 thoughts on “AS 7 IRMÃS DO PETRÓLEO

  1. Mesmo com a alteração dos paises lideres do segmento, a mecânica permanece a mesma. A tristeza vem do fato do hidr.gen io não surgir enquanto substituto. Valeria até uma materia em que essas irmãs prejudicam a tecnologia alternativa….

    Responder
  2. Conclusão, são os/as Senhores/as Abastados/as Ricos/as que mandam no Planeta,ok. Então começem a pescar, cutivar, produzir entre eles/as,, para saberem o que custa trabalhar para alimentar toda a ELITE de CORJAS que so sabem comer, beber, encher a mula, a conta dos escravos/as da pobreza, e dos/as sem abrigo, como os/as médio e média-alta, pois, quanto mais explorarem e matarem estas gentes, classes, chegará o TEMPO, de que ou quem ficar, quem produzira alimentos,para alimentar esses/as LOBIS,.
    Ficaremos para ver o final duma ERA e começo de outra, o regresso ás Origens, e veremos como este PLANETA ficará depois de tantos exageros,em excesso das explorações terrestres desordenadas, e gananciosas.
    Ficara o solução , nas MÃOS DE DEUS. AMEN

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s